Um ano de paz

É acertivo afirmar que em algum momento neste final de ano e hoje, o início de 2016, muitos de nós desejamos paz. 
Vestindo roupa branca, escrevendo em cartões, redes sociais, junto a um abraço, numa prece ou oração. É um desejo íntimo e também coletivo.
E o que queremos ao ansiar e desejar paz?
O contrário da guerra?
Assim aprendemos quando crianças na escola, em antônimos e sinônimos, o contrário de guerra é paz. Conceito simplista para nossos poucos anos e também de amplitude gigantesca para nossa compreensão.
Guerras estão acontecendo e mais do que nunca a paz é urgente.
Temos mazelas graves em nosso país mas felizmente não temos guerra.
Então eu quero desejar paz, muita paz aos meus amigos leitores!
E propor uma prática de paz.
Estamos num ambiente virtual onde lemos horrores, onde o teclado se torna a arma para humilhar, difamar, semear mentiras, discórdias, inveja.
Que o nosso desejo de paz perdure pelo ano inteirinho de 2016 em cada palavra que a gente teclar.
Podemos discordar de ideias, pensamentos mas não há porque usar palavras como facas.
Vamos nos exercitar para que nossas palavras acrescentem, estimulem, espalhem paz e se for necessário um tom mais forte, um opinião sincera que seja feito com a paz que há em nossos corações.
Sigamos neste 2016 que nos recebe de portas abertas!



Comentários

  1. Oi Ana, o mundo precisa mesmo de mais delicadeza e paz, de mais sensibilidade extrema, de mais feeling... (adoro essa palavra que traduz muito bem)... Andamos muito nervosos, irritados por pouca coisa e nos colocamos pouco no lugar do outro.. Nos importamos pouco com que o outro possa pensar por determinado assunto, situação, pensamento... Somos muito egoístas...

    E posso discordar? rs

    Pra mim o Brasil vive em guerra constante... Não é a guerra que se joga uma bomba, mas a guerra da fome, da violência extrema, da desumanidade com tudo e todos, da intolerância absurda que vemos todos os dias um com os outros.. Sim minha amiga.. o Brasil está em guerra ha muito tempo e as "bombas" são atiradas para todos os lados e as vezes não percebemos... ou achamos "normal"...

    Vamos pedir a Deus e à vida que 2016 seja de fato um ano de mais humanidade, humildade e tolerância... precisamos ser mais dóceis e amorosos pro mundo ser melhor.. e se Deus quiser será..

    Obrigada pela companhia e continue com a gente!

    Beijos grandes no coração

    Tê e Maria ♥

    ResponderExcluir
  2. Mais paz
    Mais de humano em nós
    E nos outros
    Menos extremismo
    Menos ego
    Descomplicado, desarmado 2016
    Encanto e esperança
    Poesia e dança

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários são trocas, partilhas que agregam, acrescentam e nutrem um blog. Compartilhe o seu pensar, o seu sentir!

Postagens mais visitadas