Primavera de 2015

Setembro de 2015. Primavera que chegou hoje, quarta, às 05h20.
Um novo blog, para quê? Por quê?
Ninguém mais cria blogs, o auge, foi-se.
Sensato seria ter um canal no youtube. Seu próprio canal. Sua imagem, suas ideias, livres em forma de imagens e sons.
Tantas outras redes sociais, mais modernas em recursos, mais instantâneas em interação.
Um blog, por quê?
Porque eu não quero a rapidez de um curtir, de olhar uma foto sem apreciar detalhes.
Os blogs têm um cenário de tranquilidade, um certo silêncio, uma morosidade agradável. 
Um tempo bom de pausa é um blog.
Cria-se, recorda-se, imagina, inventa... tudo através das palavras ou mesmo uma fotografia.
Não espero o barulho de grande público. Abro as portas, ofereço a varanda, o meu ouvir, um pouco de conversa.
A primavera mostra a terra fértil, viva, em cores, flores.
Crio um blog para manter viva minhas lembranças, minha memória, as palavras, a escrita, a leitura de algo além de alguns caracteres.
Nasce a primavera, nasce meu blog - o travesseiro de paina.

Comentários

Postagens mais visitadas